Posts com Tag ‘Reforma Protestante’

Abaixo, destaco apenas um pequeno trecho da Confissão de Fé Escocesa que foi entregue ao Parlamento em 17 de Agosto de 1560, redigida em quatro dias por John Knox e outros cinco colegas pastores que por coincidência também se chamavam John. Esta permaneceu sendo a Confissão de Fé da Escócia até ser sobrepujada pela Confissão de Fé de Westminster em 1647.

“Além disso, era preciso que o Messias e Redentor fosse verdadeiro Deus e verdadeiro homem, porque ele seria capaz de suportar o castigo devido a nossas transgressões e apresentar-se ante o juízo de seu Pai, como em nosso lugar, para sofrer por nossa transgressão e desobediência, e, pela morte, vencer o autor da morte. Mas, porque a Divindade, só, não podia sofrer a morte, nem a humanidade vencê-la, ele uniu as duas numa só pessoa, a fim de que a fraqueza de uma pudesse sofrer e sujeitar-se a morte que nós merecíamos – e o poder infinito e invencível da outra, isto é, da Divindade, pudesse triunfar e preparar-nos a vida, a liberdade e a vitória perpetua. Assim confessamos e cremos sem nenhuma dúvida.”

 

 

Referência:

 

BOND, Douglas. A Poderosa Fraqueza de John Knox: Um Perfil de Homens Piedosos. 1ª Edição. São José dos Campos: Editora Fiel, 2011. p. 125-126.

Anúncios