Coisas para se pensar antes de abraçar a “visão” MDA #02

Publicado: maio 5, 2016 em Considerações sobre a "visão" do MDA, Séries
Tags:, , , , ,

coracao_mda_site

 

Para entender melhor como esse assunto se iniciou, aconselho você ler o primeiro post sobre a “visão” do MDA clicando no link > Coisas para se pensar antes de abraçar a “visão” MDA #01.

Pois bem, no post de hoje iremos expor mais um ponto bíblico importante negligenciado pelo MDA, que seria:

Sobre líderes precoces:

 1 Timóteo 3:1-12 (ARA):

“1 Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja.
2 É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar;
3 não dado ao vinho, não violento, porém cordato, inimigo de contendas, não avarento;
4 e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito
5 (pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da igreja de Deus?);
6 não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo.

7 Pelo contrário, é necessário que ele tenha bom testemunho dos de fora, a fim de não cair no opróbrio e no laço do diabo.
8 Semelhantemente, quanto a diáconos, é necessário que sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito vinho, não cobiçosos de sórdida ganância,
9 conservando o mistério da fé com a consciência limpa.
10 Também sejam estes primeiramente experimentados; e, se se mostrarem irrepreensíveis, exerçam o diaconato.
11 Da mesma sorte, quanto a mulheres, é necessário que sejam elas respeitáveis, não maldizentes, temperantes e fiéis em tudo.
12 O diácono seja marido de uma só mulher e governe bem seus filhos e a própria casa.
13 Pois os que desempenharem bem o diaconato alcançam para si mesmos justa preeminência e muita intrepidez na fé em Cristo Jesus.”

Não quero entrar no mérito de cargos e posições dentro da igreja na esfera eclesiástica (Pastores, Presbitérios, Diáconos e etc.), o que quero é aproveitar o ensino contido nesses versos para alertar sobre a preparação das pessoas que exercem liderança, partindo do pressuposto de que o objetivo da visão do MDA é gerar líderes em larga escala, creio que este texto de 1 Timóteo pode ser muito útil, pois vemos nitidamente as “qualificações” que uma pessoa precisa ter para exercer liderança.

Muitas dessas qualidades só podem ser encontradas em pessoas que passaram pelo novo nascimento e que de fato são novas criaturas em Cristo Jesus, pois isso envolve a mortificação dos desejos da carne, algo que todo cristão deve ter independente de cargo ou função, mas há pontos específicos de quem foi chamado por Deus para o ministério, por exemplo; “apto para ensinar”, com certeza estar apto para ensinar é algo que vai demandar tempo e dedicação como diz o texto de Romanos 12:7b (ARA) – “ou o que ensina esmere-se no fazê-lo”, e ensinar de forma proveitosa é um dom.

Assim, encontramos na visão do MDA uma falha que em longo prazo gerará grandes consequências no corpo de Cristo, a má qualificação dos líderes em estarem aptos a ensinar levará a igreja pra longe de Cristo ao invés de aproximar, quem não conhece a sã doutrina e não tem as convicções de fé bem estabelecidas e bem claras vai usar o tempo da célula falando o que? O tempo da célula se tornará um momento de “eu acho” e de experiências pessoais sendo ditadas como verdades absolutas, promovendo assim ensinos que não podem edificar a vida dos que ouvem, sendo assim fica evidente que não é possível desassociar liderança de célula de pastoreio e de ensino, pois liderar é pastorear e pastorear é ensinar.

Outra questão nesse texto de 1 Timóteo que me preocupa é: “não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo”, pensando por esse prisma vemos que a visão do MDA ignora totalmente esse texto, afinal conforme as multiplicações vão ocorrendo, mais cedo ou mais tarde recém convertidos assumem células, assumindo assim o papel de pastorear e ensinar sem estarem preparados para tal.

Há inúmeros exemplos de células por ai em que lideres que foram batizados a pouco tempo e estão na fase do leite espiritual que já assumiram o cargo de líder de célula, fato esse que pode colaborar para que esse recém convertido seja conduzido ao pecado ao invés de primeiramente crescer de forma sadia consolidando a fé.

Portanto, a visão do MDA falha ao propor a ideia de formar líderes precoces, pois liderar um grupo não é só repetir a pregação que foi ministrada no domingo anterior, mas sim requer uma vida de bom testemunho, requer maturidade e uma fé bem nutrida, requer convicção de que a pessoa possui o dom para pastorear, requer disposição para aprender e ensinar e requer dar a vida pelas ovelhas, ou seja, isso é um fardo esmagador para um recém-convertido carregar ou alguém que ainda não deu muitos passos na vida cristã.

*Acompanhe os demais textos relacionados a esse assunto clicando na categoria: Séries > CONSIDERAÇÕES SOBRE A “VISÃO” DO MDA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s