Os Sintomas de um Discipulo Imaturo

Publicado: junho 7, 2013 em Estudos Bíblicos
Tags:, , , ,

Introdução: Usaremos o exemplo da maturidade dos discípulos que andaram ao lado de Jesus. No começo do discipulado eles cometeram grandes falhas, meteram os pés pelas mãos, questionaram, foram incrédulos e etc, mas com o tempo foram aprendendo e abandonaram os erros cresceram e entenderam a essência do que Jesus ensinava e se tornaram grandes homens de Deus. E você já entendeu a essência do discipulado? Você já se sente um Cristão maduro?

Bom, vamos olhar para algumas situações que aconteceram na vida dos 12 discípulos de Jesus e comparar com a nossa vida, escolhi abordar apenas três, pois são os sintomas que creio serem os mais nítidos nos cristãos de nossos dias.

1)    O DESEJO DE SER RECONHECIDO.
(De ser grande e de estar em evidencia).

  • Um lugar de destaque:

Mc (10:35-37) – “Nisso Tiago e João, filhos de Zebedeu, aproximaram-se dele e disseram: “Mestre, queremos que nos faças o que vamos te pedir”. “O que vocês querem que eu lhes faça? “, perguntou ele. Eles responderam: “Permite que, na tua glória, nos assentemos um à tua direita e o outro à tua esquerda”.

  • O verdadeiro sentido do ministério:

(Mc 10:41-45) –  “Quando os outros dez ouviram essas coisas, ficaram indignados com Tiago e João. Jesus os chamou e disse: “Vocês sabem que aqueles que são considerados governantes das nações as dominam, e as pessoas importantes exercem poder sobre elas. Não será assim entre vocês. Pelo contrário, quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo; e quem quiser ser o primeiro deverá ser escravo de todos. Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos”.

  • Sobre os cargos na igreja:

(1 Tm 3:6) – Não pode ser recém-convertido, para que não se ensoberbeça e caia na mesma condenação em que caiu o diabo.

– O sentido de qualquer ministério / cargo é Servir ao próximo e atribuir Gloria ao nome de Jesus Cristo, qualquer propósito fora desses é contrario ao ensino de Jesus.

2)    NÃO SABER AMAR OS PECADORES.

  • Você deve desejar vida e não morte para os outros:

(Lc 9:51-55) – “Aproximando-se o tempo em que seria elevado ao céu, Jesus partiu resolutamente em direção a Jerusalém. E enviou mensageiros à sua frente. Indo estes, entraram num povoado samaritano para lhe fazer os preparativos; mas o povo dali não o recebeu porque se notava em seu semblante que ele ia para Jerusalém. Ao verem isso, os discípulos Tiago e João perguntaram: “Senhor, queres que façamos cair fogo do céu para destruí-los? “ Mas Jesus, voltando-se, os repreendeu, dizendo: “Vocês não sabem de que espécie de espírito são, pois o Filho do homem não veio para destruir a vida dos homens, mas para salvá-los

  • Usamos nossa “santidade” para “medir” os pecados alheios:

Ex: Boate Kiss; um incêndio que matou 241 pessoas. A morte do cantor Chorão por uso de drogas, e os muitos não famosos que morrem do nosso lado diariamente e nada fazemos apenas os condenamos por seus pecados.

(Tg 4:11-12) – “Irmãos, não falem mal uns dos outros. Quem fala contra o seu irmão ou julga o seu irmão, fala contra a Lei e a julga. Quando você julga a Lei, não a está cumprindo, mas está se colocando como juiz.
Há apenas um Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e destruir. Mas quem é você para julgar o seu próximo?

(1 Jo 4:20) – “Se alguém afirmar: “Eu amo a Deus”, mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.

  • E qual é a maneira correta de nos comportarmos:

(Mt 25:35-36) – Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram’.”

 
3)    DEFENDER O EVANGELHO COM VIOLÊNCIA.

  • Isso acontece quando não concordamos com uma situação:
    (No texto aqui é a morte de Jesus, mas vemos isso no nosso cotidiano quando falamos de homossexualismo, aborto, drogas entre outras coisas.)

(Lc 22: 47 -51) – “Enquanto ele ainda falava, apareceu uma multidão  conduzida por Judas, um dos Doze. Este se aproximou de Jesus para saudá-lo com um beijo. Mas Jesus lhe perguntou: “Judas, com um beijo você está traindo o Filho do homem? “Ao verem o que ia acontecer, os que estavam com Jesus lhe disseram: “Senhor, atacaremos com espadas?E um deles feriu o servo do sumo sacerdote, decepando-lhe a orelha direita.
Jesus, porém, respondeu: “Basta! ” E tocando na orelha do homem, ele o curou.         “

  • O amor é a arma mais poderosa de um Cristão:

(Lc 6: 27-31) – “Mas eu digo a vocês que estão me ouvindo: Amem os seus inimigos, façam o bem aos que os odeiam, abençoem os que os amaldiçoam, orem por aqueles que os maltratam. Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe também a outra. Se alguém lhe tirar a capa, não o impeça de tirar-lhe a túnica. Dê a todo o que lhe pedir, e se alguém tirar o que pertence a você, não lhe exija que o devolva. Como vocês querem que os outros lhes façam, façam também vocês a eles.”

 

 
Conclusão: Hoje geralmente quando vamos “defender” o evangelho partimos para ignorância, usamos palavras pesadas, alteramos o tom da voz, impomos e exigimos que aceitem a nossa forma de pensar, e as coisas não são bem assim. Jesus passou se ministério inteiro dizendo ser necessário seu sofrimento, sua morte e ressurreição, e  Jesus sempre enfatizou o amor como característica fundamental e os discípulos ainda não tinham entendido essas questões, mas no decorrer da historia com a virtude do Espírito Santo vemos que eles amadureceram e fizeram grandes obras e cumpriram a sua missão com excelência, basta ler o Livro de Atos e as demais cartas do Novo Testamento e veremos que o Senhor lhes concedeu graça e todos marcaram seu tempo, um bom exemplo é a historia do apostolo Pedro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s